quarta-feira, 8 de março de 2017

Dia de mulher, mulherzinha e mulherão

Ontem eu fiquei muito ansiosa: eu queria ver o que as pessoas diriam sobre o dia, sobre as mulheres e principalmente sobre o feminismo. Fiquei super triste porque a Rookie não postou nada sobre o assunto, nada nada :'( Na faculdade teve uma exposição muito simbólica sobre a presença das mulheres na universidade e na ciência (e algumas fotos que minha amiga tirou estavam lá! e uma amiga minha estava nas fotos!), promovida por um dos professores que mais admiro na vida! Tive que agradecê-lo♥ e ele me respondeu com "somos todos feministas"!

A Marie Kondo também fez uma homenagem muito linda e fofa, falando como a filha pode crescer em um mundo mais igualitário e humano em que ela vá poder ser livre pra ser feliz.

A Chimamanda publicou várias fotos de pessoas segurando cartazes com frases dela e era tudo muito muito lindo!

"Teach her to love books." –Chimamanda Ngozi Adichie, Dear Ijeawele. via.

 
 "'Because you are a girl' is never a reason for anything. Ever." –Chimamanda Ngozi Adichie, Dear Ijeawele. via.

Ouvi piadas sem graça como "feliz dia do tô quase pronta" ou coisas assim. Evitemos. O youtube publicou um vídeo comemorativo, onde várias mulheres aparecem e é super bonito principalmente quando a Malala fala. Acontece que a maioria dos comentários era de homens reclamando de ser apenas uma campanha publicitária, de ter mais muçulmanas que qualquer outra coisa (de fato, não tinham muitas brancas), de não haver comemoração no dia dos homens e de, acima de tudo, muitos homens estarem excluídos pelo feminismo. E pela primeira vez eu não fiquei me sentindo "mal" em ler comentários raivosos, mas senti vontade de fazer algo pra mudar isso. Pra ser sincera, fiquei com medo de algum dia ser atacada pessoalmente e fisicamente por ser feminista. Não quero voltar a esse ponto da história em que feminista era de fato uma ofensa.

De noite, aconteceu algo incrível que não paro de pensar. No meu grupo favorito do fcbk, uma mulher propôs "digam porque são feministas ou porque não são feministas. educadamente". E foi genial! Percebi tantas coisas que não sei bem descrever, diversas visões sobre um mesmo assunto me fez perceber porque todo mundo fala tão bem dos debates: é algo vivo!

Acho que foi um dos dias mais expressivos com relação ao feminismo pra mim, pois foi esse ano que definitivamente me vi como alguém que quer lutar pelos direitos das mulheres. Ver várias pessoas abrindo a boca pra discutir sobre nossas necessidades foi genial. 
Margaret Hamilton, líder de engenharia de software do Projeto Apollo, ao lado do código que escreveu à mão e que foi usado para levar a humanidade à lua, em 1969. via
Saudades da minha ex♥. via.

E, o melhor de todos:

0 comentários:

Postar um comentário | Feed