sábado, 25 de março de 2017

A extensão da minha psique são minhas outras psiques

Depois de muito tempo na casa do Arthur e, claro, sem se sentir em casa, eu vim pra casa da minha mãe. Ainda não me sinto exatamente em casa, pois como passo pouco tempo aqui estou deixando arrumado para que eu ocupe o menor espaço do quarto que pode ser do meu irmão. Mas eu estou me sentindo muito confortável, muito confortável.
Domingo passado na igreja um cara foi falar um pouco sobre a história do cristianismo e me chamou muito atenção a simplicidade dele; antes de ele começar a falar duas moças entraram na reunião e elas estavam... digamos... "na moda", cheia de adereços, coisas que representavam aquilo que gostavam e seu estilo único. Eu olhei pra elas e me senti muito desconfortável: como se por um momento eu me imaginasse como elas e me sentisse não fantasiada, mas sufocada por coisas. Depois olhei pro cara simples e ele não tinha maquiagem, sua roupa era simples, uma calça jeans, uma blusa de botão bem confortável e um tênis normal (apesar de ser adidas). Aquele cara perdia tão pouco querendo expressar algo "especial demais" pela sua imagem que ele tinha tempo de estudar e aprender todas aquelas coisas geniais que ele tava ensinando. Eu queria ser mais simples como aquele cara e menos extravagante que aquelas moças. Na semana anterior eu tinha ficado arrasada porque não tinha roupas pra ir pra faculdade, mas é que depois de tanto olhar fotos na internet de roupas maravilhosonas eu queria estar legalzona o tempo todo. Sem contar que minhas coisas ficavam todo tempo bagunçadas  e ~~meu deus quem sou eu eu era tão arrumadinha e organizada marie kondo mas agora eu estava pra lá de imunda!
Cheguei na casa da minha mãe e reencontrei aquela bagunça de sempre, mas umas roupas que nunca usava, não sei, acho que não tinha a oportunidade: mas agora eu vou trocar de roupa todo dia pra ir pra faculdade porque to achando muito bom ficar lá sem uma farda suada e dando calor como se eu estivesse sufocada. Sem contar que eu engordei e minhas roupas quase não me cabem mais .-.
Não sei se vou conseguir, mas queria passar um tempo sem "inspirações" porque fico me inspirando e inspirando e não produzo nada! E eu queria produzir algo.Eu queria parar de me preocupar em salvar fotos dos desfiles de moda e me preocupar mais em estudar porque as provas estão chegando e eu vou pirar!
Bem, vou terminar de arrumar a bagunça do meu quarto.

Nenhum comentário: