sábado, 10 de dezembro de 2016

A Brunna tem que entender

que esse blog não nasceu pra servir a sociedade. Quando comecei a escrever aqui eu realmente queria que esse blog fosse algo legal que as pessoas viriam ler, porque em 2009 era o que tinha pra fazer na internet. Mas então eu percebi que tudo era tão pessoal que não fazer sentido eu querer que as pessoas lessem. Então decidi que seria um local para eu registrar os momentos que fossem interessantes. Eu tive um caderno, que era uma espécie de diário, em que todos os dias, por um ano escrevia uma sensação de 365. É um ótimo projeto.

Projetos para essas férias:
1. Conhecer a casa da Waleska e pegar os textos com ela para a Cosmos
2. Ir na casa da Izabel
3. Viajar pra Juazeiro e lá comprar um chapéu de palha e uma sandália franciscana
4. Passar nas provas finais
5. tirar fotos com alguma câmera
6. Postar com mais frequência no blog (já é)
7. Parar de usar as redes sociais que dão agonia
8. Fazer os exercícios do Lian Gong
9. Ler os livros que comprei : Comme des Garçons, Estorvo, Lian Gong, Grande Sertão Veredas, Malala e Cinco Minutos. Eu acredito em mim, acho até que vou pegar mais na biblioteca.
10. Fazer os textos pra Cosmos
11. Sair com a Vick

Programei várias postagens pro blog para os meses que vêm porque eu sei que com o trabalho não vou ter tempo pra fazer isso, e tenho tanta coisa pra registrar que daria pra encher mesmo esse blog. Fico triste porque 2014 foi um ano cheio de vivências e eu não postei nada aqui. Bem... tenho saudades de quando o conteúdo da internet era como algo secreto que você realmente tinha que navegar e procurar aquilo que gostava e não simplesmente rolar um feed e ver tudo o que os seus amigos (as vezes não) gostam e vc se estressa e tudo mais e nem tudo é aquilo que você quer ver ainda mais nessa onda de desespero político e tudo mais. Eu não acho que isso vá durar muito tempo.

Nenhum comentário: