23 agosto 2016

Sem lixo na cozinha

Esse é um resumo desse poste do UASL. Maravilhoso <3

O lixo produzido na cozinha é a maior parte do lixo produzido em uma casa, isso é preocupante quando vemos que um terço de todo alimento produzido no mundo é jogado fora, o que significa que desperdiçando tanta comida poluímos e desperdiçamos dinheiro. Resumindo, menos lixo significa menos poluição, menos trabalho e menos gastos.
A primeira dica, e a mais importante, é comprar menos alimentos. Ver a quantidade de se come em uma semana, por exemplo, levando em consideração quantos dias na semana se cozinha, quantas refeições faz em casa, quantas pessoas comem e pensar realmente o que você come em casa, em que quantidade. Dessa maneira é possível entender qual é a necessidade de alimentos em uma casa durante uma semana, para que seja consumido tudo aquilo que se compra. Dar preferência para produtos sem embalagem é importante também, preferindo comprar a granel. Além de comprar somente a quantidade necessária, evita que uma embalagem para cada tipo de alimento seja jogada fora. Preferir sacolas de pano, ao invés do plástico, é interessante porque é muito mais durável e não vai diretamente pro lixo, servindo para carregar frutas, pães, bolos e vegetais, assim como os potes de vidros reutilizados de outros alimentos são ótimos para esse fim. Ao armazenar os alimentos, é importante guardá-los de maneira que vá aumentar sua durabilidade em casa. Para verduras como cenouras, brócolis, couve é bom guardar em pote com água, porque não murcham na geladeira. É essencial saber como consumir todas as parte de um legume. Os restos dos alimentos que não servirem mais para alimentação, podem ir para composteira, e talos, folhas e pedaços não muito usados de legumes podem ser congelados para fazerem sopa depois.
Para limpeza, trocar a esponja comum por bucha vegetal e o detergente por sabão de coco em barra. Ao invés de usar um produto químico altamente agressivo para limpar a cozinha, usar apenas vinagre e bicarbonato de sódio para esse fim é ideal, pois não deixa resíduos que se misturam a água, poluindo-a e são totalmente naturais. Por último, evitar o uso de descartáveis, como guardanapos, papel-toalha, papel filme, papel alumínio e vasilhas de plástico, substituindo por guardanapos de pano, toalhas, potes de vidro para armazenar restos de comida (que inclusive não deixam cheiro nem mancham) na geladeira.

Nenhum comentário: