terça-feira, 9 de agosto de 2011

De um passado remoto, para alguém presente. O meu melhor presente.

eu nem sei se você vai ler isso, se ler não vai responder, mas tudo bem. eu sinto falta de te escrever palavras e mais palavras sobre mim e ter a certeza de que vc lia tudo, mesmo que vc não me desse as respostas, era o teu silêncio e o teu cuidado em não me magoar que me deixava mais feliz.
eu sinto falta de quando a gente saía, porque eu sabia que mesmo tendo um monte de gente querendo estar com você naquele segundo você preferiu dedicar os teus preciosos minutos a mim, é isso que mais me toca.
o que mais importa é saber que eu ainda amo você, do mesmo jeito de antes.
Esse "bilhete" nada mais é uma forma de eu te provar que aprendi a viver com a saudade, por mais que ela venha me machucar pouco a pouco todos os dias.