06 maio 2011

"vai parecer que eu menti" > "eu já esqueci isso. é verdade." > "que nem no dia dos cafés" > "eu já esqueci isso, tudo bem?" > "eu não." = "então esquece, vai" > mas você vai achar que eu menti e isso me machuca tanto. É como se eu tivesse mentido mesmo e eu não tivesse saída" > "então, você tá mentindo" < "não, não to. Acredita." > "calma, fala baixo. quer que alguém escute?" < "quero; quero porque daí vou poder me defender." > "você se preocupou tanto em dizer que é verdade que esqueceu do que realmente veio perguntar" < "esqueci mesmo" < "você mentiu" < "não" = "sim" = "não" < "tá, tudo bem... o que tá acontecendo?" < "você sabe." < " se eu soubesse não perguntaria, boa essa, hein?!" > "não pior do que me negar" < "eu não fiz isso" < "fez sim. 'não' é advérbio de negação" < "não, gramática agora não."

Nenhum comentário: